Viveiro de Mudas Nativas

Em 1998, através de um projeto patrocinado pela Fundação Unibanco, foi construído o Viveiro de Mudas Nativas da Florescer, numa área sob jurisdição do Exército Brasileiro, que também deu apoio ao projeto.

Até então, as mudas de árvores usadas para reflorestar o morro eram adquiridas em outros lugares pelos voluntários da ONG. Com o viveiro foi possível produzir mudas no próprio local de reflorestamento, facilitando o trabalho que vinha sendo feito no morro.

Ambiente Mágico

No viveiro, crianças e adultos podem plantar sementes e acampanhar o desenvolveimento delas, cuidando para que cresçam e virem mudas. Este processo propicia uma benéfica interação ecológica com as árvores, tornando-se uma agradável atividade de conhecimento sobre as espécies da Mata Atlântica.

Atuamente são cerca de 20 espécies cultivadas no viveiro, entre elas: Ipê-Roxo, Ipê-Branco, Pau-Ferro, Jaboticaba, Arco de Pipa, Tararé, Aroeira, Pitomba, Copáíba, Pau-Brasil, Palmeira Juçara etc. As mudas produzidas são utilizadas pela Florescer na utenção do reflorestamento do morro São João, com intuito de aumentar a biodiversidade, e podem ainda ser doadas para outras iniciativas de reflorestamento.

O viveiro funciona também como um importante espaço de Educação Ambiental. É um ambiente atrativo para as crianças e que possibilita maior interação para tratar de assuntos ecológicos.

» Mais fotos do Viveiro

 

 

 



Reflorestamento no Morro São João em
parceria com o Condomínio Morada do Sol

Morro São João visto do alto do bloco 'E' do Condomínio
Morada do Sol.
Ao centro, a área da Florescer onde estão o viveiro e os canteiros de horta, de onde seguem as trilhas.